28/11 a 30/11

Maior Evento de Conteúdo.
Hotel Nobile Suites Executive
Saiba Mais

28/11 a 30/11

Maior Evento de Conteúdo.
Hotel Nobile Suites Executive
Saiba Mais

O que é TELA

Tendência, Entretenimento, Linguagem e Audiovisual

Lançam-se agora as bases de mais novo projeto de evento audiovisual de Pernambuco, programaticamente voltado para os negócios do mercado e também as discussões profissionais sobre o desenvolvimento desse importante setor econômico.

Apresenta-se aqui o evento TELA, cujas letras retratam o compromisso com a Tendência, o Entretenimento, as Linguagens e o Audiovisual. Fixado no entendimento da expressão econômica de um setor Audiovisual pujante, que deriva das brutais transformações promovidas pela “revolução digital”, o projeto TELA traz à luz a importância dos negócios entre ofertantes e demandantes de conteúdos audiovisuais, bem como, a oportunidade de se discutir, por meio de palestras e workshops os temas que poderão garantir a sustentabilidade do desenvolvimento dessa moderna atividade econômica. A ordem de grandeza, a complexidade e a pluralidade da cadeia produtiva do Audiovisual, são aspectos que demonstram hoje o valor do seu viés econômico. Um contexto que garante oportunidades de negócios e muitas possibilidades que dependem – e muito – das boas discussões técnicas.

O projeto TELA já se apresenta com dois focos bem claros. O primeiro deles é o seu compromisso maior em apoiar e dirigir todos os seus esforços, para o aspecto do regional, considerando-se as áreas de abrangência do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste do país. Trata-se não apenas de um esforço de descentralização dos grandes eventos que mantêm similaridade, como pelo fato de contar com a sintonia promovida pela proposta de cota estabelecida pelo FSA (Fundo Setorial do Audiovisual). Por outro lado, o segundo foco está atrelado à disposição do projeto TELA em disseminar o valor econômico que advém do tripé empreendedorismo, propriedade intelectual /direito autoral e gestão efetiva. São esses os atributos que carecem de um compromisso maior de todos os agentes econômicos do setor, com vistas à consolidação de um modelo sustentável de desenvolvimento, para cada atividade da sua cadeia produtiva.

Dados tais princípios, sejam todos muito bem-vindos ao projeto TELA!

Que aqui, em cada edição, seja possível tratar do Audiovisual como uma grande oportunidade de negócio. Que também seja possível discutir esse setor com a mesma sinergia econômica que bem caracteriza outras atividades importantes para a formação da renda nacional. E – o que pode ser o mais importante de tudo – que daqui se tenha a certeza da contribuição conjunta dos seus diversos agentes envolvidos para o desenvolvimento econômico do nosso país.

Evento

Programação

Programação De Seminários e Workshops

28_Novembro

Seminário

09h às 11h_ O Empreendedorismo no Cinema e nas Novas Mídias - Parte 1
Coordenação:
João Batista da Silva (DF)

Palestrantes /Debatedores:
Jorge Assumpção (SP) – Paris Filmes

Celia Regina Queiroz e Luiz Bannitz (SP) – Looke

Gabriel Gurman (SP) – Galeria Filmes

Halder Gomes (CE)

11h às 13h_ O Empreendedorismo no Cinema e nas Novas Mídias - Parte 2
Coordenação:

João Batista da Silva (DF)

Palestrantes /Debatedores:

Masuki Borges (PE)

Vicente Vieira (SP)

Felipe Almeida (PE)

Vânia Lima (BA)

15h às 17h_ Novas Experiências de Empreendedorismo nas TVs
Coordenação:

Cyro Thomaz (TV Jangadeiro / SBT NE)

 

Palestrantes /Debatedores:

Cícero Aragón (RS) – Box Brazil

Carlos Alkimim (SP) – SIMBA

Carlos Wanderley (RJ) – Canal Brasil

Felipe Peres Calheiros (PE) – EPC / TV Pernambuco

19h às 21h_ SEMINÁRIO ESPECIAL / Cerimônia de Abertura

Local:
Auditório Roque de Brito / UNINASSAU – Campus Graça / Bloco B
R. Guilherme Pinto, 400 – Derby, Recife – PE, 52010-210

Coordenação:
Rafael Cortez

Agronegócio:
Marlene Kaiut

Moda:
Luísa Farani

29_Novembro

Workshop

10h às 13h_ (i) Incentivos Fiscais, FSA e o Financiamento à Programação de TVs Nacional e Regional
Coordenação:

Rodrigo Salinas e Rodrigo Chacon 
CQS – Cesnik, Quintino e Salinas

 

EMENTA

* Apresentação sobre os subsídios diretos e os incentivos fiscais

 

* Critérios para acesso aos subsídios e incentivos

 

* Fluxograma de projeto até a prestação de contas

 

* Comentários sobre o regulamento geral do PRODAV.

 

* Comentários sobre Editais Abertos como Prodav 2/2016 – programação de conteúdos para TV Aberta e Fechada, Chamada Pública 1/2018 Coinvestimentos Regionais e o Prodav TVs Públicas 2018.

10h às 13h_Construção de Roteiros para as Novas Mídias - Parte 1
Coordenação:
Newton Cannito

EMENTA

Palestra e treinamento para pitching de ideias para projetos de seriados e filmes pensados para atuação em várias mídias.

Conteúdo Teórico:

1 – Entendendo a TV na Era Digital.

A Era digital!

A TV na Era digital!

O que é o digital?

 

O Conteúdo Multiplataforma / Transmidia!

 

Inclui: bonecos, material didático, conteúdo digital

Caso do Guerra nas Estrelas!!

 

Modos de organização a experiência humana

O jogo

A enciclopédia

A narrativa!

 

O que é a TV?

TV de fluxo e de arquivo!

 

As TV na Era digital

– Jogo

– Narrativa

– Tv de fluxo x tv de arquivo!

 

– O fim da narrativa? Ao contrário: o poder da narrativa

o Primeira vez que assisti 24 horas (serie)

 

– Universo x narrativa!

O caso Lost!

O papel do jogo!

 

DESAFIO:

 

COMO CONQUISTAR VISIBILDADE NUMA MIDIA DISSOLVIDA E SEM CENTRO?

Quais são as series de sucesso?

Como conseguir visibilidade?

 

Capacidade de gerar notícias!!

 

Medição de sucesso via fas!

– A importância dos fas no modelo de negócios

– Cases de Netflix: Arrested Development, Twin Peakd, etc..

 

2 – Conceitos fortes e treinamento de pitching

– Series de curva longa e curva curta

– Drama x procedimento

– Gêneros dramáticos:

o – Comedia, tragédia, farsa, melodrama

o Mistura de gêneros

 

– Analise de cases próprios

Z4. Serie musical Disney/sbt

Da criação a estratégia transmidia

Unidade Básica

Recriação da série medica. Mapa dramático. Estrutura narrativa.

 

9mm

 

Cidade dos Homens

– Workshop Cidade dos Homens

Universo Utopia Brasil

Criação de personagens

 

– Subgeneros dramáticos:

o Policial, sci fi, terror, catástrofe, comedia romântica, etc..

Pitching

Walking Dead: como reinventar o zumbi

House: o policial noir no hospital

 

– Exercícios de ouvir ideias dos alunos e ajudar a virar pitching. Sempre enfocando a possibilidades de sucesso!

 

Bibliografia:

– Manual de Roteiro, Leandro Saraiva e Newton Cannito

– A TV na Era Digital, de Newton Cannito

– Choque de Tropicalismo, de Newton Cannito

15h às 18h_ (ii) Direitos Autorais e Produções Audiovisuais
Coordenação:

Rodrigo Salinas e Rodrigo Chacon

 

CQS – Cesnik, Quintino e Salinas

 

EMENTA

 

Estudo de caso: análise dos contratos e dos direitos autorais incidentes sobre uma produção hipotética, abrangendo os direitos autorais incidentes sobre a produção audiovisual nas fases de desenvolvimento e de produção, a análise da cadeia de direitos (chain-of-title), o clearance de músicas e de conteúdos, e cláusulas de contratos de coprodução nacional e internacional.

15h às 18h_ Construção de Roteiros para as Novas Mídias - Parte 2
Coordenação:
Newton Canito

 

EMENTA

Palestra e treinamento para pitching de ideias para projetos de seriados e filmes pensados para atuação em várias mídias.

 

 

Conteúdo Teórico:

 

1 – Entendendo a TV na Era Digital.

A Era digital!

A TV na Era digital!

O que é o digital?

 

O Conteúdo Multiplataforma / Transmidia!

 

Inclui: bonecos, material didático, conteúdo digital

Caso do Guerra nas Estrelas!!

 

Modos de organização a experiência humana

O jogo

A enciclopédia

A narrativa!

 

O que é a TV?

TV de fluxo e de arquivo!

 

As TV na Era digital

– Jogo

– Narrativa

– Tv de fluxo x tv de arquivo!

 

 

– O fim da narrativa? Ao contrário: o poder da narrativa

o Primeira vez que assisti 24 horas (serie)

 

– Universo x narrativa!

O caso Lost!

O papel do jogo!

 

DESAFIO:

 

COMO CONQUISTAR VISIBILDADE NUMA MIDIA DISSOLVIDA E SEM CENTRO?

Quais são as series de sucesso?

Como conseguir visibilidade?

 

Capacidade de gerar notícias!!

 

Medição de sucesso via fas!

– A importância dos fas no modelo de negócios

– Cases de Netflix: Arrested Development, Twin Peakd, etc..

 

2 – Conceitos fortes e treinamento de pitching

– Series de curva longa e curva curta

– Drama x procedimento

– Gêneros dramáticos:

o – Comedia, tragédia, farsa, melodrama

o Mistura de gêneros

 

– Analise de cases próprios

Z4. Serie musical Disney/sbt

Da criação a estratégia transmidia

Unidade Básica

Recriação da série medica. Mapa dramático. Estrutura narrativa.

 

9mm

 

Cidade dos Homens

– Workshop Cidade dos Homens

Universo Utopia Brasil

Criação de personagens

 

– Subgeneros dramáticos:

o Policial, sci fi, terror, catástrofe, comedia romântica, etc..

Pitching

Walking Dead: como reinventar o zumbi

House: o policial noir no hospital

 

– Exercícios de ouvir ideias dos alunos e ajudar a virar pitching. Sempre enfocando a possibilidades de sucesso!

 

Bibliografia:

– Manual de Roteiro, Leandro Saraiva e Newton Cannito

– A TV na Era Digital, de Newton Cannito

– Choque de Tropicalismo, de Newton Cannito

30_Novembro

Workshop

09h às 12h_ Construção de Roteiros para Novas Mídias - Parte 3
Coordenação:
Newton Cannito

 

EMENTA

Palestra e treinamento para pitching de ideias para projetos de seriados e filmes pensados para atuação em várias mídias.

 

 

Conteúdo Teórico:

 

1 – Entendendo a TV na Era Digital.

A Era digital!

A TV na Era digital!

O que é o digital?

 

O Conteúdo Multiplataforma / Transmidia!

 

Inclui: bonecos, material didático, conteúdo digital

Caso do Guerra nas Estrelas!!

 

Modos de organização a experiência humana

O jogo

A enciclopédia

A narrativa!

 

O que é a TV?

TV de fluxo e de arquivo!

 

As TV na Era digital

– Jogo

– Narrativa

– Tv de fluxo x tv de arquivo!

 

 

– O fim da narrativa? Ao contrário: o poder da narrativa

o Primeira vez que assisti 24 horas (serie)

 

– Universo x narrativa!

O caso Lost!

O papel do jogo!

 

DESAFIO:

 

COMO CONQUISTAR VISIBILDADE NUMA MIDIA DISSOLVIDA E SEM CENTRO?

Quais são as series de sucesso?

Como conseguir visibilidade?

 

Capacidade de gerar notícias!!

 

Medição de sucesso via fas!

– A importância dos fas no modelo de negócios

– Cases de Netflix: Arrested Development, Twin Peakd, etc..

 

2 – Conceitos fortes e treinamento de pitching

– Series de curva longa e curva curta

– Drama x procedimento

– Gêneros dramáticos:

o – Comedia, tragédia, farsa, melodrama

o Mistura de gêneros

 

– Analise de cases próprios

Z4. Serie musical Disney/sbt

Da criação a estratégia transmidia

Unidade Básica

Recriação da série medica. Mapa dramático. Estrutura narrativa.

 

9mm

 

Cidade dos Homens

– Workshop Cidade dos Homens

Universo Utopia Brasil

Criação de personagens

 

– Subgeneros dramáticos:

o Policial, sci fi, terror, catástrofe, comedia romântica, etc..

Pitching

Walking Dead: como reinventar o zumbi

House: o policial noir no hospital

 

– Exercícios de ouvir ideias dos alunos e ajudar a virar pitching. Sempre enfocando a possibilidades de sucesso!

 

Bibliografia:

– Manual de Roteiro, Leandro Saraiva e Newton Cannito

– A TV na Era Digital, de Newton Cannito

– Choque de Tropicalismo, de Newton Cannito

14h às 17h_ Construção de Roteiros para Novas Mídias - Parte 4
Coordenação:
Newton Cannito

 

EMENTA

Palestra e treinamento para pitching de ideias para projetos de seriados e filmes pensados para atuação em várias mídias.

 

 

Conteúdo Teórico:

 

1 – Entendendo a TV na Era Digital.

A Era digital!

A TV na Era digital!

O que é o digital?

 

O Conteúdo Multiplataforma / Transmidia!

 

Inclui: bonecos, material didático, conteúdo digital

Caso do Guerra nas Estrelas!!

 

Modos de organização a experiência humana

O jogo

A enciclopédia

A narrativa!

 

O que é a TV?

TV de fluxo e de arquivo!

 

As TV na Era digital

– Jogo

– Narrativa

– Tv de fluxo x tv de arquivo!

 

 

– O fim da narrativa? Ao contrário: o poder da narrativa

o Primeira vez que assisti 24 horas (serie)

 

– Universo x narrativa!

O caso Lost!

O papel do jogo!

 

DESAFIO:

 

COMO CONQUISTAR VISIBILDADE NUMA MIDIA DISSOLVIDA E SEM CENTRO?

Quais são as series de sucesso?

Como conseguir visibilidade?

 

Capacidade de gerar notícias!!

 

Medição de sucesso via fas!

– A importância dos fas no modelo de negócios

– Cases de Netflix: Arrested Development, Twin Peakd, etc..

 

2 – Conceitos fortes e treinamento de pitching

– Series de curva longa e curva curta

– Drama x procedimento

– Gêneros dramáticos:

o – Comedia, tragédia, farsa, melodrama

o Mistura de gêneros

 

– Analise de cases próprios

Z4. Serie musical Disney/sbt

Da criação a estratégia transmidia

Unidade Básica

Recriação da série medica. Mapa dramático. Estrutura narrativa.

 

9mm

 

Cidade dos Homens

– Workshop Cidade dos Homens

Universo Utopia Brasil

Criação de personagens

 

– Subgeneros dramáticos:

o Policial, sci fi, terror, catástrofe, comedia romântica, etc..

Pitching

Walking Dead: como reinventar o zumbi

House: o policial noir no hospital

 

– Exercícios de ouvir ideias dos alunos e ajudar a virar pitching. Sempre enfocando a possibilidades de sucesso!

 

Bibliografia:

– Manual de Roteiro, Leandro Saraiva e Newton Cannito

– A TV na Era Digital, de Newton Cannito

– Choque de Tropicalismo, de Newton Cannito

Seminário

10h às 12h_ Propriedade Intelectual, Direito Autoral e Combate à “Pirataria”
Coordenação:
Petrus Barreto – Advogado

Palestrantes /Debatedores:
Marcos Tavolari – Secretário de Direitos Autorais do MinC

Rodrigo Salinas – Advogado

Cláudio Lins de Vasconcelos – Advogado

14h às 16h_ Pesquisas e Modelagens como Instrumentos de Gestão
Coordenação:

Paulo Nakamura

Palestrantes /Debatedores:

Breno Sampaio – Economistas da UFPE

Gustavo Sampaio – Economistas da UFPE

Paulo Henrique Vaz – Economistas da UFPE

16h às 18h_ Cerimônia de Encerramento
Coordenação:
Alfredo Bertini e Sandra Bertini

Palestrantes/ Debatedores:
Sérgio Sá Leitão – Ministro da Cultura

Christian de Castro – Presidente da ANCINE

Clínica

14h às 16h_ Clínica de Orientação de Projetos
Coordenação:

Rodrigo Salinas e Rodrigo Chacon
CQS – Cesnik, Quintino e Salinas

Rodada de Negócios

29_Novembro

09h as 17h_ Rodada de Negócios com os Player Selecionados
Intervalo entre as 12h e 14h.

30_Novembro

09h as 17h_ Rodada de Negócios com os Player Selecionados
Intervalo entre as 12h e 14h.
Carlos Alkimim
Formado em Administração de Empresas, com pós-graduação em Estratégia de Negócios e Comunicação e Direito no Entretenimento. Carlos Alkimim acumula 25 anos de experiência no setor de Televisão por Assinatura, tendo trabalhado em empresas como Globosat, Globocabo Holding, Net Brasil, Viacom Brasil e TAP BRASIL.
Já foi membro do CSC – CONSELHO SUPERIOR DE CINEMA e do FAC – FORUM DO AUDIOVISUAL E CINEMA.
Hoje é diretor de Contratos e Distribuição da SIMBA CONTENT, joint-venture formada por RecordTV, RedeTV! e SBT.
Rodrigo Chacon
Formado em Direito pela PUC-SP e pós-graduado em Direito do Entretenimento, Mídia e Propriedade Intelectual na Escola Superior de Direito da OAB, Rodrigo Chacon advoga na área audiovisual do escritório Cesnik, Quintino e Salinas Advogados, onde atua tanto em sua parte consultiva, quanto contratual, assessorando os diversos agentes da indústria audiovisual brasileira como produtoras, emissoras, distribuidoras e programadoras brasileiras e internacionais, ministrando também aulas como professor convidado em cursos voltados para este mercado.
Vicente Filho
Sócio-fundador e diretor de negócios da Manifesto Games. Atua há 15 anos na área de jogos digitais e já participou da produção de mais de 200 jogos acessados por mais de 35 milhões de usuários em todo o mundo. Fundou ainda as empresas BigHut Games e RaidHut Games. Formado em Ciência da Computação e doutor em Mineração de Dados para jogos pela UFPE. Atua ainda no desenvolvimento da indústria de jogos digitais como Vice-Presidente da ABRAGAMES.
Rodrigo Salinas
Sócio do escritório Cesnik, Quintino e Salinas Advogados. Mestre em Direito pela FGV Direito SP. Master of Laws pela Columbia University, Nova York. Bacharel em Direito pela FDUSP. Professor do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da FGV Direito SP. Listado pelo Chambers & Partners como advogado especialista na área de mídia e entretenimento. Assessora clientes das indústrias de mídia e de conteúdo em geral (fonográfica, audiovisual, publicidade, editorial, dentre outras) nas áreas de propriedade intelectual, contratual e contencioso.
Newton Cannito

Newton Cannito é autor-roteirista de televisão. É doutor em Cinema e TV pela Escola de Comunicação e Artes da USP. É sócio proprietário da FICs (Fábrica de Ideias Cinemáticas), agência especializada na criação de formatos televisivos e de processos criativos.Foi roteirista da série “Cidade dos Homens” e dos longa metragens “Quanto vale ou é por quilo?” (Sergio Bianchi), “Bróder” (Jeferson De) e “Reza a Lenda” de Homero Olivetto. Dirigiu dois documentários humorísticos polêmicos e premiados: “Violência SA” e “Jesus no Mundo Maravilha”.

Jorge Assumpção

Vindo da área do Direito e da Administração, a escolha pelo trabalho com o cinema foi algo que ocorreu naturalmente por vocação à cultura e amor aos filmes.

 

O primeiro contato profissional do Jorge com o cinema foi em 1999 ao se inscrever em um processo seletivo da Cinemark para ser gerente de um cinema recém inaugurado na Barra da Tijuca – Rio de Janeiro. Durante o tempo que trabalhou diretamente com os espectadores, de forma rápida ascendeu de cargos e trabalhou em diversas cidades até ter recebido o título de melhor gerente de operações da rede em 2001.  Após a riquíssima experiencia nos cinemas, foi chamado para trabalhar no escritório central da Cinemark onde atuou durante 8 anos como um dos programadores de filmes e responsável por diversos projetos internos que visavam atrelar bons resultados e diversidade cultural.

 

Em 2009, foi contratado como gerente de programação na Paris Filmes onde, junto com o restante do time, contribuiu para o fortíssimo crescimento da empresa, posicionando-a em parceria com a Downtown, como a segunda distribuidora que mais vendeu tickets nesta década. Em função do excepcional trabalho em sua área, foi promovido em 2016 para Diretor de Programação e no ano passado assumiu a função de Diretor de Divisão de Cinema, englobando as áreas de programação, marketing e produção.

Masukieviski Borges
Em qual contexto a inovação realmente ocorre?
Quando há a decisão da mudança, em conjunto com criatividade,
tecnologias disponíveis e o empreendedorismo.
Masukieviski Borges trabalhou em ambientes em que a mudança para
melhor é uma constante e um ativo valioso.
Passou pelo CESAR, Porto Digital, Ikewai e CIn-UFPE, seja como analista,
gerente e empreendedor.
Vânia Alves Smith
Diretora graduada pela Universidade Federal da Bahia, possui experiência na idealização, roteirização e direção de projetos autorais que buscam reconhecer as identidades e culturas de povos brasileiros. Em sua trajetória no audiovisual, apresenta a cultura e identidade da região nordeste, através de um novo olhar. Em 2011, criou sua primeira grande experiência no audiovisual, com o programa Bahia de Todos os Cantos, que tem o objetivo de mostrar a Bahia para os baianos através de um olhar global. Foi destaque como case de sucesso de conteúdos regionais no Rio Content Market de 2015. Por entender as demandas do setor, em 2018 apresenta novo case no mercado audiovisual de produção independente, ao criar produtos que tenham conteúdo qualificado e atendam a audiência. Um resultado que corresponde aos hábitos e desejos dos telespectadores das TV’s exibidoras.
Rafael Cortez
Jornalista, ator, músico e um dos grandes nomes do novo humor brasileiro. Na Rede Globo de Televisão, esteve no Vídeo Show como repórter e apresentador, teve quadro de humor no BBB 17, mediou debates no Gshow sobre BBB, participou da primeira edição do Pop Star e do Superchef Celebridades 2018, de Ana Maria Braga.

Teve programas próprios na TV Record e no Comedy Central, onde segue com reprises de suas temporadas. Foi repórter e apresentador do histórico CQC – Custe o que Custar, da Band, em seis temporadas entre os anos de 2008 e 2015.

Ganhador de prêmios como Troféu Imprensa, Prêmio QUEM e Prêmio Abril de Jornalismo. Atuou em espetáculos infantis, juvenis, adultos e em musicais. Lançou 5 audiolivros de clássicos da literatura brasileira, um livro de humor (Meu Azar com as Mulheres) e 2 CD’s de violão instrumental com suas próprias composições, além de ter dublado dois linhas de animação dos estúdios Disney.

Estudou com nomes fundamentais do violão e realizou dezenas de concertos. Trabalha ativamente com publicidade e no mercado corporativo a serviço das maiores empresas de todos os tipos do país. Tem uma palestra sobre empreendedorismo na carreira em versões para empresas e estudantes, intitulada “Apostando na Carreira”, realizada junto a grandes empresas e instituições do país.

Há 10 anos viaja o Brasil e já fez shows nos EUA e Japão com seu solo de humor “De Tudo um Pouco”. Segue com seu outro show, “O Problema não é você, sou eu” em novo giro nacional. É o mentor e responsável pelo projeto Música Divertida Brasileira, de resgate e releitura das canções mais engraçadas da MPB.

Tem um canal autoral no Youtube (Love Treta) com a Rede Snack e um novo livro, agora de prosa e poesia (Memórias de Zarabatanas), pela editora Seoman. Iniciou um novo trabalho de MPB como intérprete e compositor, com show e CD novo, e segue com ampla atuação na TV, redes sociais e internet como um todo.

Em 2019, estreará como protagonista de cinema com o longa “Rir pra não Chorar”, de Cibele Amaral.

Marlene Kaiut
Produtora de leite no Paraná. Formada em Administração pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, no Paraná.

Campeã estadual do prêmio mulher de negócios .E Vice-Campeã nacional. Ambos oferecidos pelo SEBRAE.

Tem ministrado palestras sobre empreendedorismo e sucesso no negócio. Por esse mérito, já em 19 Estados do Brasil.

Foi modelo fotográfico do 16 aos 23 anos.

Luisa Farani
Luisa Farani é publicitária por formação, estilista e empreendedora profissional. Depois de fundar sua marca homônima, a cidadão brasileira e italiana conseguiu destaque e apoio por parte de publicações como a Vogue, Harper´s Bazaar, e Elle além de integrar a lista ‘Under 30’ da revista Forbes Brasil, como uma das jovens mais influentes do país. Hoje é empreendedora no ramo de moda e apresentadora do programa Cria Economia, da TV Brasil, que explora o mundo de start-ups, pequenos empreendedores e empreendimentos que transformaram a criatividade em bom negócio.
Claudio Lins de Vasconcelos
Advogado, pós-doutorando em economia da cultura pela UFRGS e Sorbonne/Paris 13, doutor em direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestre em direito pela Universidade de Notre Dame e bacharel em direito pela Universidade Federal da Bahia. Foi Secretário Nacional de Economia da Cultura, Consultor do Banco Mundial e Assessor Internacional Adjunto do Ministério da Justiça. É professor da pós-graduação em Direito da Propriedade Intelectual da PUC-Rio e da pós-graduação em Direito do Entretenimento da Escola da AGU, entre outras atividades de ensino e pesquisa. Autor de diversos trabalhos, entre eles o livro “Mídia e Propriedade Intelectual: A Crônica de um Modelo em Transformação”
Gabriel Gurman
Formado em Comunicação Social pela ESPM/SP e com MBA em Film Business pela FGV/RJ, Gabriel Gurman iniciou sua carreira no setor cinematográfico na Reserva Cultural de Cinema, passando pelas áreas de programação da Cinemark e Paris Filmes, aonde ficou por mais cinco anos, chegando ao cargo de Diretor de Marketing.

No início de 2018, assumiu o cargo de Diretor Geral da Galeria Distribuidora, selo para lançamentos de projetos comerciais da Vitrine Filmes.

Christian de Castro Oliveira
Empreendedor, produtor audiovisual, consultor e executivo do mercado de economia criativa especialmente o setor do audiovisual.

 

Iniciou a carreira no mercado financeiro da década de 1990 no banco Garantia. Fundou com seu irmão, o roteirista e diretor brasiliense Erik de Castro, a BSB Cinema Produções e produziu os filmes “Senta a Pua!”, “A Cobra Fumou”, “O Brasil na Batalha do Atlântico” e “Federal”. Criou o primeiro Funcine pela Rio Bravo Investimentos. Foi diretor das distribuidoras Vereda Filmes e Lumière; assessor da diretoria da Ancine (integrou a equipe que estruturou o Fundo Setorial do Audiovisual); diretor comercial da RioFilme na estruturação do modelo de negócios inovador que a transformou no principal investidor do mercado audiovisual no período e diretor da Luminosidade pela Inbrands. Foi consultor da ABVCAP (Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital) para a qual coordenou o Venture Fórum tendo capacitado mais de 120 empresas inovadoras em diversos setores da economia, de biotecnologia a petróleo e gás. Como consultor capacitou e estruturou dezenas de empresas de economia criativa que acessaram e receberam investimento de investidores privados, fundos de investimento em participação, funcines e programas de financiamento do BNDES focados na economia criativa. Atuou como Diretor Executivo (CEO) da Luz Mágica Produções Audiovisuais, produtora de Cacá Diegues e Renata Magalhães. Também foi membro do Conselho de Administração das produtoras Glaz Entretenimento e Oca Animation; foi produtor de mais uma dezena de projetos audiovisuais, atualmente em diferentes fases de produção. Christian cursou Engenharia Aeronáutica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), graduando-se em Engenharia de Produção na UNIP, com pós-graduação em Film & Television Business e mestrado em Gestão do Conhecimento na Coppe, UFRJ.

Cicero Aragon
Cícero Aragon é o diretor-presidente da Box Brazil, programadora brasileira independente dos canais Prime Box Brazil, Music Box Brazil, Travel Box Brazil e Fashion TV. É formado em Direito, pela PUC-RS, e em Cinema, pela New York Film Academy, USA. Foi sócio-diretor da rede de salas de cinema Movie Arte e da produtora de publicidade e cinema Infoco Filmes. Atuou na publicidade por mais de 15 anos, foi presidente da Fundacine, diretor da Fiergs, diretor do CBC, membro da comissão do Festival de Cinema de Gramado e coordenador geral dos júris do Festival Mundial de Publicidade de Gramado por mais de 10 anos.
Felipe Almeida
Empreendedor do mercado digital há 20 anos, Felipe Almeida é sócio fundador da Mr Plot Produções – estúdio criador do Mundo Bita. Sua paixão por arte e tecnologia, somado aos conhecimentos das graduação em Design na UFPE e Administração na UPE, o levaram para o mercado de audiovisual e entretenimento.
Gustavo Sampaio
Professor do Departamento de Economia da Universidade Federal de Pernambuco. Formado em Economia pela UFPE, realizou o seu Ph.D. em economia aplicada na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign
Luiz Bannitz
Luiz Bannitz é economista, advogado e administrador de empresas, foi Diretor da HBO Brasil, EMI Music e GEO Eventos, consultor em distribuição digital de conteúdo, Diretor de Negócios do Fitness Channel; Diretor de Business Affairs da Encripta e; Diretor de Negócios e de Conteúdo do Looke.
Célia Regina Queiroz
Célia Regina Queiroz é contabilista, atuou na área financeira, é empreendedora para fomento e exploração de audiovisuais, é criadora, investidora e conselheira da Plataforma Looke
Carlos Wanderley
Formado em Comunicação Social pela FACHA-RJ, possui uma experiência sólida como Produtor Executivo adquiridaao longo de 39 anos de atuação na TV Globo, TV Manchete, Canal Futura e Canal Brasil/Globosat, realizando inúmeras novelas, seriados, minisséries, filmes, shows, programas ao vivo e eventos, contabilizando vários prêmios e programas veiculados no mundo inteiro. Responsável pelo desenho de produção, planejamento e administração de grandes orçamentos, sua atuação abrange a gestão de todos os recursos, profissionais necessários, infraestrutura de suporte, apoio e interface com artístico.
João Batista Silva
Formado em Administração, com pós graduação em Administração Pública, Economia Brasileira e Gestão Cultural.

 

Atuou nos últimos 25 anos na Gestão de Políticas Culturais, em especial a política pública para o setor audiovisual.

 

Ocupou diversos cargos de Direção e Assessoramento Superior no Ministério da Cultura, na Agência Nacional de Cinema e, na Empresa Brasil de Comunicação- EBC, tendo sido no ultimo período de 2017/2018 Secretário do Audiovisual do MinC.

 

Participou da formulação e implantação dos organismos de governança e promoção da política audiovisual (criação e implantação da Ancine e do Conselho Superior do Cinema e, criação e implantação da EBC/Tv Brasil), assim como dos mecanismos de financiamento e fomento ao setor ( FSA – Fundo Setorial do Audiovisual e, Programas de Fomento “Brasil de todas as Telas” e Audiovisual Gera Futuro).

Paulo Nakamura
Piloto militar e engenheiro eletrônico pelo Instituto Tecnológico da Aeonáutica – ITA, mestre em Ciências Aeronáuticas pela Universidade da Força Aérea – UNIFA, MBA em Gestão de Projetos – FGV-DF, MBA em Desenvolvimento Avançado de Executivos – UFF- RJ e especialista em Modelagem Dinâmica de Sistemas Complexos pela Universidade de Brasília – UNB. Trabalhou em diversos projetos estratégicos da FAB, nas áreas de criptografia, comunicações seguras, gestão do conhecimento, sistemas da qualidade, aquisição e modernização de aeronaves de combate e sistemas de defesa aérea. Foi presidente do conselho diretor da System Dynamics Society no Brasil, sócio diretor na Wesee – Visão Dinâmica de Sistemas. Atualmente ocupa o cargo de Secretário de Difusão e Infraestrutura Cultural no Ministério da Cultura, onde coordena diversos programas de infraestrutura em áreas de vulnerabilidade social.
Petrus Barreto
Advogado especializado em direito autoral e audiovisual, formado pela Universidade Candido Mendes, com pós-graduação em Propriedade Intelectual e Cybelaw pela FGV-RJ, e Direito Processual, pela Universidade Candido Mendes.
Lecionou na PUC-RIO, Universidade Candido Mendes e FGV-RJ. Atua no setor do audiovisual há 30 anos, assessorando, no Brasil e no exterior, programadoras de televisão aberta e por assinatura, produtores, talentos e detentores de direitos de Propriedade Intelectual.
Paulo Henrique Vaz
Paulo Henrique Vaz é professor do Departamento de Economia da UFPE e Ph.D. em Economia Universidade de Illinois em Urbana-Champaign
Cyro Thomas
Publicitário, pai do João e do José, maratonista nas horas vagas, centenas de árvores plantadas e, por enquanto, nenhum livro escrito. Com mais de 15 anos de mercado, já trabalhou em São Paulo e no Rio de Janeiro; já fez texto para carro som, marketing político e campanhas para Nike; já foi estagiário e sócio de agência de propaganda. É premiado nos principais festivais nacionais e internacionais de publicidade. Foi presidente do Clube de Criação do Ceará e diretor da Band Nordeste. Atualmente, é vice-presidente da Associação Cearense de Rádio e Televisão e presidente do comitê SBT NE e, há 7 anos, Diretor Executivo do Sistema Jangadeiro, grupo de comunicação formado pela TV Jangadeiro (SBT), NordesTV (Band), Jangadeiro FM 88,9, Tribuna BandNews FM 101,7, Rede Jangadeiro FM, Portal Tribuna do Ceará e Plataforma Vós.
Breno Sampaio
Breno Sampaio é professor do Departamento de Economia da Universidade Federal de Pernambuco. Leciona econometria na graduação e microeconometria no curso de doutorado em Economia do Programa de Pós-Graduação em Economia (PIMES), UFPE. Possui experiência como consultor de agencias internacionais, como Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Seus interesses acadêmicos incluem economia da educação, economia da saúde, economia dos transportes e desenvolvimento econômico.
Halder Gomes
Diretor, produtor e roteirista cearense, ficou conhecido por seus curtas-metragens Cine Holiúdy – O astista contra o caba do mal (2004) e Loucos de futebol (2007). Seu primeiro longa, o independente Sunland Heat – No calor da terra do sol (2004), foi lançado direto em homevideo, assim como seu filme seguinte lançado pela Lionsgate Films, a produção americana The Morgue (2008). Dirigiu, ao lado de Glauber Filho, o drama espírita As mães de Chico Xavier (2011). Em 2013, seu longa Cine Holliúdy, lançado com legendas fora do Ceará para que o público compreendesse o “cearensês”, foi o 12º filme nacional mais visto do ano, com 483 mil espectadores. Nos anos seguintes continuou investindo no gênero comédia com os fenômenos de bilheteria O Shaolin do Sertão e Os Parças. Halder lançará em 2019 2 conteúdos inéditos: Cine Holliúdy 2 – A Chibata Sideral (Downtown/Paris) e a série Cine Holliúdy (10 episódios Rede Globo)
Marcos Tavolari

Secretário de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual do Ministério da Cultura. Advogado (UFRJ), especialista em propriedade intelectual pela Universidade de Castilla La Macha (Espanha). Foi Assessor Especial do Ministro da Cultura e Superintendente de Desenvolvimento Econômico da ANCINE. É membro efetivo da carreira federal de Especialista em Regulação da ANCINE, tendo atuado também na ANATEL.

Felipe Peres Calheiros
Realizador audiovisual, fotógrafo e educador. Formado em Direito pela UFPE, Administração de Empresas pela UPE, Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento Local pela UFRPE, e Doutorando em Educação Artística pela Universidade do Porto, dirigiu 8 curtas-metragens e coordenou o projeto “Tankalé: formação para o auto-registro audiovisual quilombola”. Foi Assessor de Articulação e Fomento do Núcleo de TV e Rádios Universitárias da UFPE e atualmente é Vice-Presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação – EPC/TVPE.
Palestrantes

Players

Saiba mais do briefing de cada player.

Ingresso

Seminários

Adquirindo o ingresso para 1 ou mais dias, você terá acesso a todas as palestras de acordo com o tipo de seu ingresso.

Rodada de Negócios

Inscrições Encerradas

Obs: Após o pagamento receberá um email do Sympla com a confirmação do mesmo. Nele consta um link com o formulário a ser preenchido. Só podemos confirmar totalmente a inscrição após o preenchimento do formulário.

Acesso às palestras do dia 28/11

*Exceto Seminário Especial / Cerimônia de Abertura

R$ 50,00 (Inteira) / R$ 25,00 (Meia Estudante)

Local: Nóbile Hotel – Av. Boa Viagem, 344 – Pina

 

Seminário Especial / Cerimônia de Abertura

Acesso à Cerimônia de Abertura – Palestra “ Experiências de Empreendedorismo “.

Local: Auditório Roque de Brito UNINASSAU – Campus Graça Bloco B – R. Guilherme Pinto, 400 – Derby

R$ 50,00 (Inteira) / R$ 25,00 (Meia Estudante)

 

 Acesso a programação do dia 29/11.

*Exceto Workshop Construção de Roteiros para Novas Mídias

R$ 50,00 (Inteira) / R$ 25,00 (Meia Estudante)

Local: Nobile Hotel – Av. Boa Viagem, 344 – Pina

.

Acesso aos Seminários, Clínica para Orientação de Projetos e Solenidade de Encerramento dia 30/11.

*Exceto Workshop Construção de Roteiros para Novas Mídias

R$ 50,00 (Inteira) / R$ 25,00 (Meia Estudante)

Local: Nobile Hotel – Av. Boa Viagem, 344 – Pina

.

Workshop – Construção de Roteiros para Novas Mídias (Dias 29 e 30/11)

R$ 50,00 (Inteira) / R$ 25,00 (Meia Estudante)

 

Workshops, Seminários e Rodada de Negócios

Válido somente para produtores. Acesso a todo o evento.

R$ 100,00 (Inteira)

R$ 30,00 – SEBRAE (ingresso válido apenas para 40 primeiras produtoras com CNPJ de Pernambuco)

 

Workshops e Seminários (Dias 28, 29 e 30/11)

Acesso a todo o evento.

*Exceto Workshop Construção de Roteiros para Novas Mídias e Seminário Especial / Cerimônia de Abertura

R$ 100,00 (Inteira)

Patrocínio Master

Patrocínio

Co-Patrocínio

Apoio Comercial

Realização